Marketplace: Conceito, Vantagens e Desvantagens - Rodrigo Brando
Vantagens de um site responsivo
29 de abril de 2016
Facebook Ads ou Google AdWords
Facebook Ads ou Google AdWords qual é o melhor?
9 de maio de 2016
Mostrar todos

Marketplace: Conceito, Vantagens e Desvantagens


A cada dia são criadas novas técnicas para que os indivíduos possam usar a Internet nos seus negócios e os trabalhos colaborativos têm tido importante destaque nas maneiras de atuar no mercado. Uma dessas formas colaborativas de ter um lugar no comércio chama-se Marketplace e a melhor maneira de explicá-lo é pensar em um grande galpão onde várias companhias vendem o que têm e por onde os clientes andam de acordo com o interesse.

Existem sites que juntam apenas lojas de sapatos e há sites que reúnem todo tipo de loja, como o Mercado Livre. Ambos são exemplos de Marketplace. O que se pode colocar como vantagens? E como desvantagens? Existem mesmo muitos Marketplaces por aí? Quem não conhece a fundo o Marketplace, acredite: são, sim, muitos deles por aí e a exemplos bastante impressionantes pelo sucesso, como o próprio Mercado Livre, Ebay, Uber, etc.

 

O Marketplace: explicando os processos

Para que os comerciantes anunciem no Marketplace, há uma comissão que é paga para a plataforma. O valor dessa comissão é estabelecido considerando as vendas e não existe uma taxa universal: há bastante diferença entre a porcentagem cobrada pelos Marketplaces.

Essas plataformas cuidam muito da entrega dos itens. Afinal, a autorização dos pagamentos acontece somente depois de os produtos estarem onde devem. O período máximo para que aconteçam os pagamentos é de 45 dias. Essa ação ajuda a evitar que alguém seja prejudicado.

 

Por que utilizar Marketplace?

Quando se conhece novas maneiras de trabalhar, é fundamental refletir a respeito das vantagens que elas possuem. No caso do Marketplace, a vantagem mais expressiva é a economia. Ao vender usando o Marketplace, as lojas só pagam uma comissão para o espaço online que permitiu as vendas. Desse modo, existe economia por não precisar pagar uma loja física.

As empresas que anunciam em Marketplaces podem observar o que está sendo mais vendido na sua loja e na plataforma, conseguindo ampliar os seus produtos e também os clientes que buscarão os seus itens. Essa observação é bastante rápida, já que a Internet facilita-a.

Se o gasto para anunciar no Marketplace é baixo, os lucros que essa forma de venda traz são bem mais altos. Os anúncios na Internet geram mesmo bastante retorno. Contudo, em um Marketplace, isso é mais expressivo. Se uma pessoa está no Marketplace para comprar um item X, ela pode comprar esse item e olhar outras possibilidades em outras lojas. Isso é bem diferente de ela precisar acessar o site de uma loja específica.

 

E a parte desvantajosa do Marketplace?

 O Marketplace acompanha todos os movimentos de quem anuncia na plataforma. Assim, ele conhece quais são aqueles que estão com mais vendas e, por isso, pode passar a competir com esses vendedores. Com o tempo, também pode haver mudanças nas comissões que desagradam os anunciantes e essa é uma situação conhecida, já tendo acontecido em Marketplaces.

Rodrigo Brando
Rodrigo Brando
Empreendedor digital, com 35 anos, nascido em Pederneiras, interior de São Paulo, que há algum tempo encontrou na web o refúgio para cultivar suas idéias.