Site Responsivo ou Aplicativo: qual a melhor opção para sua empresa? - Rodrigo Brando
Api Rest
O que é API Rest
6 de janeiro de 2018
Mostrar todos

Site Responsivo ou Aplicativo: qual a melhor opção para sua empresa?

Aplicativo ou Site

Lembra quando ter um telefone celular para realizar ligações era o ápice da tecnologia? Sei que talvez, para alguns leitores, esta fase sequer foi vivenciada. Se este é seu caso, pergunte para o seu pai ou mãe e ele te contará como era esta experiência.

O fato é que hoje, o que menos fazemos com um telefone celular é uma ligação em moldes “convencionais”, a não ser que seja via aplicativo, como WhatsApp, por exemplo, com o acréscimo da vídeo chamada.

A forma pela qual a tecnologia se fez presente no dia a dia das pessoas revolucionou o modo com o qual lidávamos com ela, em especial no que diz respeito ao uso da internet.

Se antes, era muito comum vermos as pessoas fechadas e presas em escritórios ou numa lan house para acessar a rede mundial de computadores via desktop, hoje praticamente tudo é realizado por um smartphone, com a liberdade de acesso móvel de qualquer lugar.

Exatamente devido esta demanda, as empresas devem se alinhar à realidade do cenário atual, tendo um site responsivo e/ou um aplicativo.

A grande questão é: por qual devo optar? É preciso adotar as duas soluções? Afinal, o que é um site responsivo? Em quais situações devemos apostar tanto em um quanto no outro? Eu te explico um pouco mais sobre este tema a seguir, vem comigo!

Tendência mobile: site responsivo ou aplicativo?

As duas alternativas oferecem pontos positivos e outros desfavoráveis. A escolha deve se pautar nas necessidades de sua empresa/negócio.

Por exemplo, um site responsivo é essencial para a tendência mobile, uma vez que se adapta e se ajusta a qualquer tela, seja um tablet ou smartphone. Desta forma, a apresentação do site ganha em estética e não será necessário ampliar fontes. Tudo fica bem bonito e apresentável.

Além de prático, contribui com o ranqueamento nas buscas (Google, etc.). No entanto, por mais vantajoso que seja um site responsivo, há algumas funcionalidades que ele não é capaz de suprir, e é exatamente onde entra o aplicativo.

Por exemplo, o app permite um leque maior de possibilidades, tais como notificações push, câmera, GPS, além de criara uma atmosfera mais propícia à interação com o público-alvo e clientes da empresa.

Posso ter os dois?

Como disse, o ideal é identificar qual a estratégia que a empresa irá seguir e quais as necessidades. Em alguns casos, é plenamente possível adotar tanto o site responsivo, quanto o app.

Cabe a você colocar na balança se o investimento em um aplicativo se justifica no contexto atual de seu negócio, ou se somente um site lhe basta.

Dúvidas? Terei o maior prazer em te ajudar, fale comigo, deixe suas perguntas nos comentários!

Rodrigo Brando
Rodrigo Brando
Empreendedor digital, com 35 anos, nascido em Pederneiras, interior de São Paulo, que há algum tempo encontrou na web o refúgio para cultivar suas idéias.