Loja virtual da lucro? Números do e-commerce este ano - Rodrigo Brando
Facebook Ads ou Google AdWords
Facebook Ads ou Google AdWords qual é o melhor?
9 de maio de 2016
ecommerce
E-commerce, o que preciso para ter um de sucesso?
16 de maio de 2016
Mostrar todos

Loja virtual da lucro? Números do e-commerce este ano

Loja virtual

Como é o faturamento de vendas do e-commece

Loja virtual é mesmo uma modalidade de comércio lucrativa? Está é uma questão feita por quem ainda não conhece bem o e-commerce.
São várias as lojas e empresas que mantêm uma loja virtual e que tiveram uma receita bem mais expressiva depois de adotar a plataforma. E o faturamento?

Na realidade, o comércio eletrônico gera um alto faturamento, sendo que a previsão para o ano de 2016 é de mais de 69 milhões de reais. A lucratividade do e-commerce é ótima para quem resolve trabalhar usando a plataforma e também para o país, que necessita de dinheiro em movimento.

A loja virtual bem explicada

As lojas virtuais são bastante variadas, um e-commerce pode ter no seu catalogo os mesmos artigos do estoque da loja física e alguns artigos variados para que haja mais atenção do mercado. Muitos e-commerce não são um desdobramento da loja física, ele são a própria empresa.

O comércio físico, sem dúvida, possui períodos em que as saídas são mais numerosas e, no comércio eletrônico, a realidade é a mesma. Há algumas ocasiões que elevam as vendas que acontecem no e-commerce e ajudam a modalidade a ter uma perspectiva tão boa de faturamento. Uma dessas ocasiões é o Dia das Mães, havendo também Natal, Dia dos Pais, Dia do Consumidor, Dia das Crianças e Dia dos Namorados.

Promoções que sobem o faturamento

O comércio físico e o comércio eletrônico utilizam quase os mesmos caminhos para que o faturamento cresça e as promoções são necessidades. Datas como a Black Friday são causa de muitas vendas nos e-commerces, sendo que os indivíduos preferem comprar no comércio eletrônico a sair e disputar itens com outros indivíduos. É por isso que existem várias Black Fridays no ano: para que o faturamento seja levantado por essas promoções.

Um ano bom que sucede outro ano bom

Essa alta previsão de faturamento no ano de 2016 continua um caminho que já vem de 2015. No ano passado, o lucro do comércio eletrônico foi representativo, ficando em mais de 48 milhões de reais. A diferença entre o faturamento de 2015 e as previsões para 2016 não é tão grande, pode-se ouvir de alguns. Contudo, esses mais de 48 milhões são 22% a mais do que o e-commerce conseguiu em 2014.

Sem lojas sofisticadas

Uma das características do e-commerce que ajudam a torná-lo tão procurado pelos indivíduos é o fato de ser menos formal e trabalhoso que uma loja física. Claro que o e-commerce precisa de cuidados. No entanto, os empreendedores novos, sem anos de venda, podem vender dessa maneira. Com mais pessoas participando do e-commerce, mais faturamento. De fato, com a Internet sendo sempre expandida, essas vendas, provavelmente, crescerão.

Imagens freepik.com
Rodrigo Brando
Rodrigo Brando
Empreendedor digital, com 35 anos, nascido em Pederneiras, interior de São Paulo, que há algum tempo encontrou na web o refúgio para cultivar suas idéias.